As 10 principais importâncias da saúde ambiental

A saúde ambiental nunca foi tão importante, e é por isso que gostaríamos de analisar as 10 principais importâncias da saúde ambiental.

A pandemia de COVID-19 ceifou vidas e causou estragos em economias em todo o mundo. Alterou nossos estilos de vida e hábitos, ao mesmo tempo que colocou nossos sistemas de saúde pública à prova e afetou nossos meios de subsistência, lembrando-nos da frágil relação que temos com nosso planeta.

Um ambiente mais saudável poderia evitar cerca de um quarto da carga de doenças do mundo. Ar limpo, clima estável, água suficiente, saneamento e higiene, segurança química, proteção contra radiação, locais de trabalho saudáveis ​​e seguros, práticas agrícolas sólidas, cidades e ambientes construídos favoráveis ​​à saúde e um ambiente natural preservado são todos necessários para uma boa saúde.

Os perigos ambientais modificáveis ​​causaram 13.7 milhões de mortes por ano em 2016, representando 24% de todas as mortes em todo o mundo. Isso significa que cerca de um quarto de todas as mortes no mundo são causadas por fatores ambientais.

Como existem tantos agentes de doenças e vias de exposição, bem como tantas circunstâncias ambientais perigosas, a maioria das categorias de doenças e lesões são afetadas. Os desfechos de doença mais comuns são as doenças não transmissíveis, como doenças isquêmicas do coração, doenças respiratórias crônicas e câncer. Lesões, infecções respiratórias e derrames estão em ascensão.

Poluentes no meio ambiente pode causar problemas de saúde, como distúrbios respiratórios, doenças cardíacas e certos tipos de câncer. Pessoas de baixa renda são mais propensas a viver em locais poluídos com água potável contaminada.

Além disso, crianças e mulheres grávidas são mais vulneráveis ​​a problemas de saúde relacionados à poluição. Para determinar onde e como as pessoas estão expostas a toxinas ambientais, é necessário rastreá-las. Muitos dos principais problemas de saúde e mortes podem ser evitados com a promulgação de leis e políticas para diminuir certos tipos de poluição.

As atividades da Organização Mundial da Saúde incluiu:

  1. Fornecer liderança na orientação de transições importantes, como energia e transporte, e estimular a boa governança em saúde e meio ambiente;
  2. Garantir a geração e disseminação de conhecimento para normas baseadas em evidências e soluções eficientes, orientando a pesquisa e monitorando mudanças na saúde e riscos de empobrecimento;
  3. Ajudar os países a desenvolver capacidade e processos para intensificar a ação,
  4. Melhorar a preparação e resposta a emergências em caso de incidentes ambientais, bem como fornecer recomendações associadas sobre serviços de saúde ambiental e saúde e segurança ocupacional.

Para uma saúde ideal, precisamos de ambientes seguros, saudáveis ​​e de apoio. O ambiente em que vivemos tem um impacto significativo na nossa saúde e felicidade. Contamos com o meio ambiente para que energia e minerais permaneçam vivos. Nossa saúde é influenciada por muitas facetas do nosso entorno, tanto natural quanto construído. Devemos considerar questões de saúde no contexto do nosso entorno e onde moramos.

Conhecendo a vitalidade da saúde ambiental, vamos saber o que é a saúde ambiental antes de podermos olhar para a importância da saúde ambiental.

O que é Saúde Ambiental?

A Saúde Ambiental (EH) é um subconjunto da saúde pública que lida com todos os componentes do ambiente natural e construído que podem ter impacto na saúde humana. Saúde pública ambiental e saúde e proteção ambiental são dois outros termos para a disciplina de saúde ambiental.

A Organização Mundial da Saúde define saúde ambiental como características da saúde e da doença humana que são influenciadas por variáveis ​​ambientais. A saúde ambiental também se refere à avaliação e gestão dos elementos ambientais que podem prejudicar a saúde.

Nossa saúde e bem-estar podem ser influenciados pelo meio ambiente tanto direta quanto indiretamente. A saúde ambiental é o estudo de como o meio ambiente afeta nossa saúde.

A saúde ambiental é a ciência e a prática de prevenir lesões e doenças humanas, ao mesmo tempo em que promove o bem-estar por:

  • identificação e avaliação de fontes ambientais e agentes perigosos;
  • limitar as exposições a agentes físicos, químicos e biológicos perigosos no ar, água, solo, alimentos e outros meios ou ambientes ambientais que possam prejudicar a saúde humana.

Os efeitos patogênicos diretos de produtos químicos, radiação e alguns agentes biológicos em habitações, em ambientes urbanos, agrícolas ou naturais, bem como seus efeitos indiretos no bem-estar, são o foco da saúde ambiental. Ela une fatores sociais e culturais, bem como fatores genéticos.

A Saúde Ambiental (EH) é um ramo de pesquisa que investiga como o meio ambiente afeta a saúde e a doença humana. Neste contexto, “meio ambiente” refere-se a identificar e abordar como o meio ambiente afeta a saúde humana.

A Saúde Ambiental é um campo amplo no qual os especialistas realizam pesquisas, investigações, divulgação e educação, limpezas ambientais e outras atividades. Este campo combina elementos de uma variedade de disciplinas, incluindo:

  • Toxicologia ambiental, ocupacional e alimentar;
  • Medicina Ambiental e do Trabalho;
  • Segurança alimentar;
  • Saúde e segurança Ocupacional;
  • Higiene industrial;
  • Saúde pública;
  • Epidemiologia;
  • Política e legislação ambiental;
  • Psicologia e sociologia.

Componentes da Saúde Ambiental

Vários problemas de saúde ambiental podem prejudicar nossa saúde. As cinco preocupações essenciais de saúde listadas abaixo são críticas para sustentar a vida humana e criar ecossistemas mais saudáveis.

  • Saneamento e Água
  • Radiação e produtos químicos
  • Poluição atmosférica
  • Ecossistemas Naturais e Construídos
  • Mudanças Climáticas

1. Saneamento e Água

Aproximadamente 784 milhões de pessoas estão sem acesso a água potável. Humanos' falta de acesso a água potável é um grande problema de saúde e pode ter um impacto severo no ecossistema quando os indivíduos tomam medidas drásticas para garantir o abastecimento de água.

2. Radiação e Produtos Químicos

Gases tóxicos, toxinas e radiação podem ser encontrados em todos os lugares. No entanto, eles têm o potencial de prejudicar a saúde humana e ambiental. Os trabalhadores rurais e suas famílias, por exemplo, estão expostos a doenças induzidas por pesticidas como asma e câncer. Exposição a pesticidas agrícolas aumenta o risco de câncer cerebral em até 20%, de acordo com uma revisão de mais de 40 anos de dados epidemiológicos.

3. Poluição do Ar

Os gases venenosos são perigosos para a vida vegetal, animal e sistemas respiratórios humanos no meio ambiente, causando poluição do ar. eles podem vir de

  • Usinas e indústrias
  • A queima de combustíveis fósseis
  • Lixo industrial
  • Desastres naturais, como erupções vulcânicas e incêndios florestais.

Instalações industriais e bilhões de automóveis são apenas dois dos fatores que contribuem para a deterioração da qualidade do ar do planeta. Cerca de 85% da energia dos EUA se origina da combustão industrial de combustíveis fósseis, que responde por metade de toda a poluição no país.

4. Ecossistemas Naturais e Construídos

A saúde e a segurança humana dependem fortemente de um abrigo saudável e seguro, especialmente em termos de qualidade do ar interior. No entanto, muitos desenvolvimentos desenvolvidos podem prejudicar o ecossistema. Resíduos desnecessários são gerados por um ambiente construído mal projetado. Ele também usa uma quantidade excessiva de água e eletricidade.

5. Mudanças Climáticas

Das Alterações Climáticas é o principal ameaça à humanidade no 21st século, perturbando o mundo natural de várias maneiras prejudiciais. Calamidades naturais também estão incluídas nesta categoria. As mudanças climáticas estão se tornando cada vez mais perigosas. As mudanças climáticas e o clima cada vez mais intenso, segundo a Organização Meteorológica Mundial, aumentaram o número de desastres aumentou por um fator de cinco ao longo dos 50 anos.

Como melhorar a saúde ambiental

Fonte: Saúde Cotidiana

A poluição da água, a poluição do ar e inúmeras calamidades naturais representam grandes riscos à saúde e devem ser abordadas. A seguir estão algumas das maneiras pelas quais podemos contribuir para a saúde ambiental:

  • Reflorestamento: Plantar árvores e desenvolver florestas ajudam a restaurar o equilíbrio de nossa ecologia. O desequilíbrio é causado pela urbanização desmatamento.
  • Use utensílios de plástico e pratos de papel com moderação.
  • Economize energia: como os recursos estão desaparecendo rapidamente, há uma necessidade premente de conservar energia e, consequentemente, recursos.
  • Reutilize ao invés de jogar fora
  • Todos os dias, dezenas de milhares de galões de água são desperdiçados devido a uma variedade de fatores; vazamentos, em particular, causam perda significativa de água. É necessário ter cautela quando se trata do uso eficiente da água.
  • A coleta de água da chuva deve ser amplamente utilizada.
  • Desligar e desconectar aparelhos elétricos quando não estiverem em uso pode economizar muita eletricidade. • As flutuações de temperatura são causadas pelas mudanças climáticas como resultado de muitas atividades humanas. Como resultado do derretimento das calotas polares, prejudica a vida cotidiana, causando desastres naturais.
  • Por que Escolher meios de transporte convenientes reduz significativamente a poluição do ar.
  • A aplicação excessiva de pesticidas pode esgotar a fertilidade do solo.
  • Manter a higiene pessoal e garantir o bem-estar do meio ambiente é igualmente importante, pois contribui para o bem-estar ambiental e reduz significativamente o risco de doenças e sua reprodução em ambientes limpos.

10 Importância da Saúde Ambiental

Todos os dias, ouvimos sobre ameaças ambientais. Sejam os efeitos das mudanças climáticas, desmatamento ou poluição, o ciclo de notícias está repleto de eventos que parecem apocalípticos. Pode ser esmagador e difícil descobrir o que tudo isso significa. Cada aspecto da existência é influenciado pelo meio ambiente, que inclui tudo, desde o oceano até a florestas. A seguir estão 10 importância da saúde ambiental.

1. Melhora a Qualidade e Duração da Vida.

Uma das 10 importâncias da saúde ambiental é que melhora a qualidade e a duração da vida. Você pode não considerar como o ambiente influencia a vida e a carreira das pessoas se trabalhar em um ambiente de escritório. No entanto, o meio ambiente é vital para bilhões de pessoas. Tomemos, por exemplo, as madeiras. As florestas fornecem comida, abrigo, remédios e outros benefícios para cerca de 1.5 bilhão de pessoas.

Muitas pessoas se voltam para a floresta quando suas colheitas falham. A agricultura garante o sustento de 2 bilhões de pessoas (quase 27% da população mundial). Outros 3 bilhões de pessoas dependem do oceano para sua sobrevivência. A proteção ambiental pode resultar na criação de milhões de novos empregos e na redução da pobreza.

De acordo com um relatório da Organização Internacional do Trabalho, a transição para economias mais verdes pode resultar na criação de 24 milhões de empregos adicionais até 2030. Muitas pessoas acreditam que a transição para energia verde e práticas mais sustentáveis ​​resultará em mais pessoas caindo na pobreza, mas se empregos verdes substituem empregos tradicionais, o oposto é verdadeiro. Isso mostra que não é exagero para a melhoria da qualidade e longevidade é uma das 10 importâncias da saúde ambiental.

Quando todos os requisitos básicos para a vida humana, como alimentação e abrigo, são atendidos e mantidos, a expectativa de vida e a qualidade melhoram. O impacto da qualidade ambiental na expectativa de vida em 24 países africanos foi investigado em um estudo. O estudo descobriu que aumentar o índice de desempenho ambiental (EPI) e a vitalidade do ecossistema (EV) a expectativa de vida dos africanos em 0.137 e 0.1417 anos, Respectivamente.

2. Aumenta a Biodiversidade e Protege os Habitats

Uma das 10 importâncias da saúde ambiental é que ela aumenta a biodiversidade e protege os habitats. Mais de 20 espécies foram declaradas extintas nos Estados Unidos somente no ano de 2021, de acordo com autoridades americanas. A biodiversidade é essencial para a sobrevivência de nossos ecossistemas e reinos animais. Podemos proteger melhor os organismos e plantas ao nosso redor, aumentando a conscientização sobre a saúde ambiental.

3. Ambientes diversos fortalecem a Segurança Alimentar

O fortalecimento da segurança alimentar é uma das 10 importâncias da saúde ambiental. A perda de biodiversidade tem várias repercussões negativas, uma das quais é a diminuição da segurança alimentar. As espécies animais e vegetais restantes do mundo estão se tornando cada vez mais vulneráveis ​​a doenças e pragas como resultado da perda de espécies. Como resultado, nossas dietas se tornam menos saudáveis, aumentando o risco de distúrbios relacionados à dieta, como doenças cardíacas e diabetes. Proteger áreas naturais como florestas e oceanos garante que haja alimento suficiente para todos os seres vivos.

4. O risco de doença é reduzido.

A redução do risco de doenças é uma das 10 importâncias da saúde ambiental. Vimos os efeitos devastadores que microrganismos e infecções perigosas (como a pandemia de coronavírus) podem ter nos últimos dois anos. A conscientização sobre a saúde ambiental pode ajudar a evitar surtos de doenças e diminuir a carga de doenças.

As doenças se espalham quando as pessoas invadem o território de outras espécies animais. Os animais são responsáveis ​​por mais de 60% das infecções humanas. O Covid-19 é provavelmente uma doença zoonótica (embora não saibamos de qual animal veio), assim como doenças como a gripe aviária e suína. A peste bubônica, que dizimou um terço da Europa, foi causada por bactérias espalhadas por ratos e transportadas por pulgas. Fornecer espaço adequado entre nós e os animais promove nossa saúde.

5. As árvores limpam o ar

Uma das 10 importâncias da saúde ambiental é que ela melhora a qualidade do ar através da presença de árvores. A poluição do ar é um grande problema em nossa sociedade. 9 em cada 10 pessoas respiram ar poluído, o que influencia sua saúde e vida. Atrasos no desenvolvimento, problemas comportamentais e doenças como Alzheimer e Parkinson são efeitos colaterais possíveis. O ar poluído causa a morte de 7 milhões de pessoas por ano. As árvores são muito boas em filtrar a poluição. Eles removem dióxido de nitrogênio, monóxido de carbono e dióxido de enxofre do ar, ao mesmo tempo em que liberam oxigênio.

6. As crianças são mortas por ambientes insalubres.

A eliminação da morte infantil por meio de um ambiente insalubre é uma das 10 importâncias da saúde ambiental. Todos os anos, fatores ambientais causam um grande número de bebês e mortalidade jovem. Há uma falta de limpeza água e ar limpo, entre outras questões. A cada ano, cerca de 1.4 milhão de crianças morrem como resultado de doenças transmitidas pela água. Condições saudáveis ​​e direitos básicos como ar puro e água são necessários para salvar a vida das crianças.

7. O Meio Ambiente é uma Fonte de Medicação.

Nosso meio ambiente, a fonte de nossa medicação é uma das 10 importâncias da saúde ambiental. A grande maioria dos medicamentos tem suas raízes na natureza. Produtos químicos do teixo do Pacífico, por exemplo, foram usados ​​para desenvolver dois medicamentos quimioterápicos. Cientistas e empresas farmacêuticas estão sempre em busca de novos e melhores medicamentos no meio ambiente. Infelizmente, cerca de 15,000 espécies de plantas medicinais estão à beira da extinção e, se o fizerem, a humanidade perderá o acesso a medicamentos que podem salvar vidas.

8. Estar na natureza melhora a saúde mental

Certamente a natureza melhora nossa saúde mental, é isso que a torna uma das 10 importâncias da saúde ambiental. A saúde mental é um assunto complicado. É o efeito da genética, estilo de vida, relacionamentos e meio ambiente, entre outras coisas. Durante anos, os cientistas examinaram o impacto da natureza e dos espaços verdes na saúde mental. Vários estudos encontraram um benefício significativo.

Espaços verdes perto das escolas promovem o desenvolvimento cognitivo e melhor autocontrole em crianças, de acordo com uma revisão publicada na Current Directions in Psychological Science em 2019. Outro estudo publicado na Science Advances descobriu que estar na natureza está ligado ao aumento do prazer, bem-estar, e um senso de propósito.

9. Mantenha o aquecimento global no mínimo.

Uma das 10 importâncias da saúde ambiental é que ela ajuda a manter o aquecimento global no mínimo. Não conseguiremos evitar o aumento gradual das temperaturas globais. No entanto, existem medidas específicas que podemos tomar para desacelerar as coisas e descobrir soluções. As mudanças climáticas são causadas pelo homem. Os autores do Sexta avaliação do IPCC concluíram que a década recente foi a mais quente da história humana e que as ocorrências climáticas individuais podem agora estar ligadas às mudanças climáticas causadas pelo homem.

É difícil exagerar o impacto ambiental das mudanças climáticas. Plantas, animais e humanos estão todos ameaçados por doenças, secas e ocorrências climáticas severas, entre outras coisas. O meio ambiente se tornará inabitável se as emissões de combustíveis fósseis não forem reduzidas prontamente.

Quase todo o aumento dos gases de efeito estufa na atmosfera nos últimos 150 anos tem sido causada por atividades humanas. Mais do que um terço de todas as emissões de gases de efeito estufa na era contemporânea pode ser rastreada até apenas 20 empresas de combustíveis fósseis. As organizações podem melhorar drasticamente a saúde ambiental e diminuir seu impacto no aquecimento global, reduzindo as emissões industriais e os resíduos.

10. Cuidar do Meio Ambiente salva o Planeta

No final, nosso planeta será salvo, essa é uma das importâncias da saúde ambiental. Diante das tragédias ambientais e das mudanças climáticas, é difícil não se sentir desanimado. No entanto, não podemos ficar desesperados, e inúmeras respostas podem ser implementadas agora. Fará a diferença proteger espécies vegetais e animais, conservar espaços verdes saudáveis ​​e reduzir as emissões. Ao cuidar do meio ambiente, os seres humanos podem conservar a terra para as gerações futuras.

Conclusão

Concluindo, através da 10 importância da saúde ambiental que discutimos, podemos descobrir que a saúde ambiental não é brincadeira, deve ser levada muito a sério, pois afeta todas as facetas de nossas vidas. Cabe a você e a mim fazer os esforços necessários para melhorar nossa saúde ambiental.

10 Importância da Saúde Ambiental - Perguntas Frequentes

Por que a saúde ambiental é importante?

Qualquer sistema de saúde pública completo deve incluir a saúde ambiental. Para proteger as pessoas e proporcionar às comunidades um ambiente melhor, o campo procura melhorar as políticas e programas que diminuem as exposições químicas e ambientais no ar, água, solo e alimentos.

Recomendações

+ postagens

Um ambientalista apaixonado de coração. Redator líder de conteúdo na EnvironmentGo.
Eu me esforço para educar o público sobre o meio ambiente e seus problemas.
Sempre foi sobre a natureza, devemos proteger, não destruir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *